sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

CURIONÓPOLIS - SITUAÇÃO PRECÁRIA


O prefeito de Curionópolis, Wenderson Azevedo Chamon (PMDB) está preocupado com a queda na arrecadação e a falta de organização administrativa deixada por Sebastião Curió.

Medidas imediatas e emergenciais forma tomadas pelo prefeito visando adequar a receita à atual realidade do município. Foram dispensados todos os contratados, exonerados os comissionados e os efetivos estão sendo avaliados.

Segundo um alto assessor daquela prefeitura, o que foi encontrado foi uma verdadeira bagunça administrativa. Desvio de função de servidores efetivos, inassiduidade, apaniguados, indícios de sérias irregularidades administrativas, entre outros, foram as situações apresentadas.

O Prefeito está tendo trabalho para por ordem na casa. A administração está começando praticamente do zero. Uma minuciosa apuração está sendo realizada pelos funcionários. Todas as pastas estão sendo fiscalizadas e as irregularidades estarão sendo apuradas.

Pra se ter uma idéia no Hospital Municipal não havia ambulância para o socorro da população. A única do município se envolveu em um acidente e está em reparos. A demanda por uma ambulância é muito grande haja visto que o município possui vários assentamentos na Zona Rural, distantes da sede, e ainda Serra Pelada com um grande número de usuários. Para minimizar o fato, o prefeito Chamon deixou seu veículo de uso particular para atender a população, até que se providencie o reparo da ambulância e ou a aquisição de uma nova.

O prefeito pede paciência à população no sentido de ver iniciado o seu projeto de governo, apresentado durante a campanha. Por pior que se pensasse, nunca foi imaginado por ele que a situação era tão grave.

7 comentários:

Anônimo disse...

Zé Dudu,

Na realidade, não havia mesmo ambulância. Um verdadeiro absurdo. O que o prefeito atual colocou á disposição do Hospital foi o veículo do gabinete e não o seu particular. Trabalho no Hospital e estou vendo isso diariamente. Acredita que apesar de a prefeitura ter 500 funcionários, o Curió somente informava para o INSS 100? Será onde ele colocada a grana dos 400 restantes? deve ser na sua própria aposentadoria privada. Isto aqui está um caos.

Anônimo disse...

Calamidade!!

Anônimo disse...

Tá fácil, então, pegar o curió pelo bico e mandar pra cadeia. Com certeza Chamonzinho vai fazer jogo de cena e logo logo recontratará os seus apadrinhados.
É a mesma coisa do Darcizinho, afinal, é como diz o povo "pau que nasce torto nunca se endireita". Darci é fraco de caráter, volúvel de moral e essas demissões logo serão recontratadas, pois o "homim" não tem base política pra isso, muito menos coragem.
Vai apenas tirar uma grana na forma de salários dos pobres contratados e entregar aos ricos que pagaram sua campanha. Logo loga as coisa voltarão ao seu eixo normal, ou seja, aliás nunca sairam do caminho da imoralidade pública.
Zé Dudu, sabemos que vc não é um opositor a qualquer custo, mas não adianta vc torcer para que o governo Darci faça algo de certo, aliás o "homim" é fraquinho demais, é só ver que a D.Odilza, a Maria Catuaba, como é conhecida no PT, já botou cabresto bem "curtinho" nele, ou tu achas que Coutinho é homem de quem?

Anônimo disse...

Rapadura é doce mas né mole não!!! Agora, independente da situação, tem de correr atrás. Isso se deve também a passividade da população de Curionópolis, que, apesar dos desmandos da administração do Sr. Sebastião Curió, ainda estirava o tapete vermelho pra ele passar.

Antonio Rocha disse...

Ei Zé dudu tu sabes o que é feito do ex, Vereador Wanterlor?

Anônimo disse...

Wanterlor tá num recuo estratégico, mas logo voltará a cena e como sempre em papel importante. O negão quando chega o PT fica em alvoroço. Será que ele recebeu um cala-boca do DARCI e se escafedeu pro Maranhão? Será? Acho que não!

Ele sabe que tem muito a fazer aqui no pebinha. O negão sabe de muita coisa.

João Batista disse...

Encontrei com ele hoje cedo lá na feira do produtor. Me pareceu muito tranquilo!!!!!!!!!
João Batista