sábado, 6 de dezembro de 2008

PRODUÇÃO DE CARAJÁS SERÁ PARALIZADA NO INÍCIO DE 2009

Comenta-se amiúde pelos quatro cantos do município de Parauapebas, que a Vale poderá paralisar a produção de minério de ferro no início de 2009. O agente determinante da paralisação seria a falta de compradores e o alto estoque da empresa.

Comerciantes, prestadores de serviços, populares e a alta cúpula do governo municipal, estão desassossegados com o fato.

Os munícipes ainda não sentiram a crise, que parece ainda não ter chegado à Parauapebas. Nas três últimas sessões da Câmara Municipal, os vereadores fizeram comentários a respeito e mostraram-se preocupados com o fato da PMP ainda não haver tomado nenhum tipo de atitude que conduzisse a população a ações mais responsáveis. Dezenas de loteamentos foram lançados no último trimestre, centenas de carros novos foram trocados e, com a chegada do fim de ano, época em que naturalmente as despesas aumentam, a Prefeitura deve mostrar à população que as coisas vão mal ao mundo inteiro e que em Parauapebas não será diferente. E que é necessário ter cautela, aguardar os acontecimentos.

Todo início de ano, os pais de família sentem em suas finanças as despesas com matrícula nas escolas, uniformes, materiais escolares, IPTU, IPVA, além das contas normais das Festas de Natal e Ano Novo.

Se ocorrer mesmo a paralisação da empresa, será um Deus nos defenda. Vamos torcer para que haja sensibilidade por parte dos dirigentes da Vale e que o prefeito Darci assuma seu papel de líder, praticando atos que ajudem o cidadão de menor esclarecimento a conviver e quem sabe sobreviver à crise.

10 comentários:

João Ribeiro disse...

Esta é uma crise com 5% de crise e 95% de medo. se existe algum conselho util que o alcaide possa dar é justamente que a populaçao continue levando sua vida normalmente, isto é indo às compras. Só assim não haverá recessão.

Anônimo disse...

O alcaide de Parauapebas não têm condições nenhuma de orientar seu "ninga". Ainda mais que crise, a única crise que ele pode tomar cuidado é a crise que se gesta dentro do PT.

No demais, que crise!? O Brasil agora tem presidente, tá pensando que é FHC. O presidente é LULA!

Claro que vale e algumas empresas irão se aproveitar para extorquir dinheiro do governo.

Claro, também, que se depender de qualquer atitude de DARCI nós estaremmos é f... e mal pago!

Izabel Gaia disse...

...não sumi...to na sua cola direto...rsrsrs...com relação às fotos...melhor nos encontrarmos no CEUP...vc escolhe e leva no pen...o que achas...vamos marca...bjs.

Anônimo disse...

A vereadora Creuza disse outro dia que seria possível uma cartilha ou algo parecido que instruisse a população sobre o modo de se conduzir em época de crise. Não é que isso vá atrapalhar o comércio, mas é preciso esclarecer.

Deusdeth disse...

Meu caro Zé.
Como diz o vereador Wanterlor: "essa Administração mais parece um elefante numa loja de cristal", é preciso mais que urgente tomadas de medidas firmes para conter os gastos publicos, bem como os desperdicios. Não se pode gastar o que gasta com pessoal(folha de pagamento) sem contar uma tal de folha suplementar que são pagas todos os dias 10 e 20 no cheque. Não se pode gastar tanto com locação de veiculos, gasolina, aluguéis, equipamentos e maquinas. Todos os finais de semanas é um verdadeiro festival de má uso do bem publico, carros, motos e ônibus do transporte escolar são usados para as farras nas fazendas e balnearios do municipios sem nenhum controle por parte da gestão publica.
São milhares de dinheiro publico queimados, e preciso conter a gana dessa gente para que sobre recursos para beneficiar o povo pobre que mais precisa.
Vamos Professor Darci mostre ao povo de Parauapebas ao que veio´. É nas crise que vemos a capacidade de reação do gestor, bonança é facil. Como diz o Obama "nos podemos"

Deusdeth Campos

Anônimo disse...

Ao o anonimo das 12:22 com precisidente ou não a crise está ai.
para que o Lula tivesse sucesso foi Necessário uma base, estabeler uma economia forte, FHC, cria uma moeda forte FHc, corta alguns gasto do geverno como privatizar grande estatais que só trazia prejuizo para o geverno a propria vale,tudo feita co planejamento e uma base solida, Não squecer que o LULAR só é presidente pq ele teve que fazer parceria com a a base alida que era do FHC, que po sinal está no mesmo lulgar ou seja quem realmente trabalhar continua trabalhando, exemplo o PMDB, Presidente do Banco central. todos era base do FHC.

Anônimo disse...

A crise está aí, bate na porta de todo mundo. Quando a Vale fala que vai fazer "ginástica" pra não demitir ninguém, eu digo " e eu acredito em Papai Noel!". As demissões já começaram, basta perguntar ao Metabase. Várias vezes foi dito: Parauapebas precisa criar alternativas de geração de emprego e renda, Parauapebas precisa ter outras opções como vocação econômica. Hoje a cidade está nas mãos da Vale e por conseqüência, das nuances da economia globalizada. Não vamos falar em medo, vamos falar em realidade. O comércio vai sentir a crise nas vendas de natal, que cairão. Com a paralisação das atividades em Carajás, boa parte das famílias que podem e têm como gastar vão sair de Parauapebas e gastar dinheiro fora. Temos outras alternativas, como o turismo rural e o ecoturismo, que poderia movimentar milhões no município, mas não conseguimos tirar os olhos das altas cifras de Carajás... ah, Parauapebas, mais uma das suas!!!

Walter Mercado disse...

Quanto as demissões, é so da uma olhada no tamanho da fila da Caixa todos os dias e se ainda tiver dúvidas é só perguntar ao gerente a quantidade de trabalhadores que dão entrada no Seguro Desempregos nesse ultimo mês.
O mais penalizados são os trabalhadores das empresa contratadas, como Anunciou hoje em seu Blo o Jornalista Miraim Leitão.
Para cada um demitido da Vale, serão tr~es ou quatro das contratadas.
Reage Darci... Mostra tua cara e honre o teu povo...

Angela disse...

Observando alguns posts anteriores fica parecendo que Parauapebas está em outro planeta. Aos interessados e realistas, vejam o que acontece em Itabira - MG, cidade com as mesmas características de Parauapebas - dependente da Vale. O link é http://www.uai.com.br/UAI/html/sessao_4/2008/12/10/em_noticia_interna,id_sessao=4&id_noticia=91545/em_noticia_interna.shtml.

Zé Dudu, não precisa publicar esse post, mas divulgue o link da notícia para as pessoas acreditarem que existe realmente um momento de crise na indústria mundial, e que é preciso manter o pé no chão e evitar os gastos desnecessários, até que a situação se defina.

Angela disse...

http://www.uai.com.br/UAI/html/sessao_4/2008/12/10/em_noticia_interna,id_sessao=4&id_noticia=91545/em_noticia_interna.shtml

Zé, por gentileza, corrija o link acima, que está quebrado.