sábado, 4 de outubro de 2008

CASO DE POLÍCIA

Boatos agora a noite davam conta que a Polícia havia efetuado a prisão de um candidato a vereador do PT.
O motivo é que teriam sido encontrados com ele cerca de R$100.000,00 (cem mil reais) em dinheiro.
Ainda segundo a rádio-peão, a Polícia estaria atrás de mais alguns candidatos que estariam aliciando ou comprando votos. Em contato com escrivão da DEPOL local, nos foi informado que ainda não havia sido apresentado nenhum candidato, assim como não havia sido lavrado nenhum boletim de ocorrência.

2 comentários:

Alessandra (Palmeiras dos Indios) disse...

Zé, os trezentinhos da foto dá para comprar um foto casado. Vereador e prefeito. Não sei se o comprador receberá a mercadoria adquirida. Ainda não compreendi, com meus 36 anos de idade, como o candidato entrega um dinheiro comprando um voto que é a única arma que temos para combater a ignorância, a má saúde, a insegurança, o desemprego, e o vendedor ainda entrega a mercadoria vendida, votando nele! Claro que quem está com o dinheiro e quer dar o outro deve pegar. Agora votar nele? Nunca. Aqui, conversando com um vereador que busca a reeleiçao, ele me disse que na eleição passada contratou 800 bocas de urna e se elegeu com 698 votos, acredita que a boca de urna não funciona mais e neste ano gastou a receita de BUs melhorando seu curriculo, fez curso de oratória e vem estudando, lendo mais revistas, enfim se preparando melhor. Se todos os que se dispoem a se candidatarem pensassem assim, esse País se tornaria um lugar melhor de viver.

Anônimo disse...

eu votei bem cedo e fique atraz desse povo q tava comprando voto eu doida pra ganhar pelo menos o da gasolina voto q é bom nada. o 15 ja tinha sido digitado e confirmado. !!!!!!!!!!!!!