sexta-feira, 5 de setembro de 2008

CONVERSA DE DARCI E SERGIO REIS

E-mail recebido por este blogger de Valdeci Rufatto, conhecido como Gaúcho, residente na Palmares II. Narra conversa do Prefeito Darci com o cantor e apoiador da campanha de Darci em 2004.

Sergio Reis desce do carro e entra na casa de Darci.

Darci
: O que fazes por aqui tchê ?

S.R. : Oh! Prefeito, eu vim pra gente inaugurar as 13 grandes obras que a gente prometeu a 4 anos atrás.

Darci
: É mesmo tchê? Eu ja tinha me esquecido disso, Serjão! Mas vamos tomar um chimarrão, depois falamos disso !

S.R. : Deixa o chimarrão pra próxima vez, vamos logo ao que interessa Darci! O povo está esperando.

Darci
: Eu queria que a gente conversasse sobre isso com calma tchê!

S.R. : Mas tchê! Calma como? Se a gente falou em palanque que Parauapebas tinha necessidade dessas obras?!

Darci
: Calma tchê ! É porque eu não dei conta de terminar as obras. olha só como está !

S.R. : Mas prefeito estas obras só estão o grajau de madeira! Esta parecendo um dinossauro!

Darci
: Então talvez seja por isso que não terminei as obras tchê ! Procurei dinossauro no mundo inteiro e não encontrei, só achei esqueleto tchê.

S.R. : Ah! Prefeito então sou obrigado a apoiar o 15 pois você não cumpriu suas promessas!

Darci
: Quanto você quer Serjão? Pra você ir embora e não me atrapalhar nessa eleição?

S.R. : Não quero nada Darci! Eu não estou à venda !!

Darci
: Vai te embora Serjão!! Já estou te odiando, tchê !!!

S.R. : indo ! Mas o povo é quem vai te dar a resposta que você merece tchê!

3 comentários:

Renatinho disse...

o engraçado é que Darci alega que o hospital do coraçao foi o sérgio Reis que prometeu. qndo os vereaodores iam cobrar, ele mandava cobrar do sérgio reis.

Anônimo disse...

Hoje apareceu no programa do Darci a ala materno infantil.
Sei que até hoje não teve nenhum parto na nova ala. Isso ele nao conta.

Anônimo disse...

Essa foi boa mas o Sergio Reis é tao pila que fala o que o dindin mandar. Foi uma pena esse negocio de nao poder ter showmicio senao a Bel poderia trazer o Sergio Reis para cobrar in loco as obras que ele disse que ia fazer.