segunda-feira, 13 de outubro de 2008

GREVE DOS BANCOS

A greve dos funcionários dos bancos ja dura uma semana. Em Parauapebas apenas os funcionários dos bancos Bradesco e Itaú não aderiram ao movimento. No Pará cerca de quatro mil trabalhadores participam da greve.
Esse tipo de movimento, quando não há a participação de todos os bancos, prejudica em demasia alguns correntistas. Na medida que a compensação de documentos não é paralizada o cliente do banco se vê em dificuldades para cobrir cheques e sacar os recebidos. Em todo o Brasil cerca de 70% dos funcionários aderiram à greve.

Um comentário:

El Cid disse...

Espero que essa greve seja vitoriosa, principalmente no sentido de se contratar mais funcionários. A falta de respeito pelo cliente se tornou marca registrada de todos os bancos. As filas humilhantes e o descumprimento das normas da justiça denotam o poder dos banqueiros. Enquanto nós sofremos com o descaso desses senhores. O presidente Lula poderia resolver dois graves problemas com uma só canetada, ou seja melhoraria o atendimento bancário e ao mesmo tempo abriria muitas vagas de trabalho. Os lucros dos bancos estão batendo todos os recordes, nada mais justo que prestar um serviço decente aos seus milhões de clientes.

El Cid