quinta-feira, 11 de setembro de 2008

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Darci declarou que já gastou mais de 1 milhão de reais na campanha. Confira as contas de Darci e do Comitê Financeiro.

Os outros candidatos majoritários juntos não gastaram metade disso.

O Vereador do PT que mais gastou foi José Alves, pouco mais de 40 mil.
No geral o candidato a vereador que apresentou a maior despesa foi Pavão (PP), 47.6 mil reais.

Esses dados são referentes a segunda prestação de contas, entregues em 06/9

15 comentários:

Sou 13 disse...

Mais como o Zé Alves Gastou Acima de quarenta se na sua declaração de gasto o limite foi Quarenta?
Se ultrapasar o limite é abuso do poder economico!!
Se eleito pode ter o mandato cassado

Contador disse...

A prestação de contas do Darci, assim como a Prefeitura que ele dirige, está no vermelho. O candidato arrecadou 700 e poucos mil e gastou mais de 1 milhão. Ele gosta mesmo do vermelho.

Zé Dudu disse...

O Comitê do Darci declarou uma previsão de gastos para os vereadores de 40 mil, esse valor poderá ser alterado a qualquer momento desde que se faça uma ata, tem um procedimento eleitoral que não vou comentar aqui.

Anônimo disse...

kd a agua ze dudu?

Anônimo disse...

O meu amigo Zé Alves está enrolado com essa sua declaração de renda, já passou do limite e agora como vai justificar da qui pra frente os seus gasto?

Anônimo disse...

Ah tá que o Darci só gastou 1 milhão,vc tá de brincadeira né?
Pegou emprestado 1 milhão com um agiota que vende carros e caminhão aqui em Parauapebas,pegou mais 2 milhões com um fazendeiro tbm daqui de Parauapebas,e como garantia atrelou ao empréstimo escituras de fazendas de seus parceiros da prefeitura,o povo tá dizendo isso nas ruas e olha que quando povo o povo fala......

Gastando todo esse dinheiro e a campanha está indo em marcha ré,salve-se quem puder.

Anônimo disse...

Diz ai Zedudu, como fica a situação do Zé Alves com seus gastos?
se eleito roda ou não roda

Anônimo disse...

Zé veja o que saiu no blog colunão do Walter Rodrigues:
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou o mandato da deputada estadual Graciete Lisboa, do PSDB do Maranhão, por abuso de poder econômico.

Assume a suplente Gardeninha Castelo, também tucana, filha do ex-governador João Castelo, candidato do PSDB e do governador Jackson Lago (PDT) à prefeitura de São Luís.

Graciete é correligionária e ex-mulher do prefeito de Bacabal (MA), a 258km de São Luís.

Em Bacabal uniram-se o prefeito Raimundo Nonato Lisboa (PSDB) e o ex-governador João Alberto (PMDB), contra o ex-prefeito José Vieira (PP), ex-presidente da UDR, organização dos latifundiários contra a reforma agrária.

Dos 10 maiores municípios do Maranhão, Bacabal é o único em que se juntam os esquemas políticos do governador Jackson Lago e da ex-governadora Roseana Sarney.

Se nada de extraordinário acontecer, Lisboa reelege-se fácil.

Anônimo disse...

Zé veja o que saiu no blog colunão do Walter Rodrigues:
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou o mandato da deputada estadual Graciete Lisboa, do PSDB do Maranhão, por abuso de poder econômico.

Assume a suplente Gardeninha Castelo, também tucana, filha do ex-governador João Castelo, candidato do PSDB e do governador Jackson Lago (PDT) à prefeitura de São Luís.

Graciete é correligionária e ex-mulher do prefeito de Bacabal (MA), a 258km de São Luís.

Em Bacabal uniram-se o prefeito Raimundo Nonato Lisboa (PSDB) e o ex-governador João Alberto (PMDB), contra o ex-prefeito José Vieira (PP), ex-presidente da UDR, organização dos latifundiários contra a reforma agrária.

Dos 10 maiores municípios do Maranhão, Bacabal é o único em que se juntam os esquemas políticos do governador Jackson Lago e da ex-governadora Roseana Sarney.

Se nada de extraordinário acontecer, Lisboa reelege-se fácil.

Alan Lemos disse...

250 mil em dívidas. a esperança dele é que entre mais dinheiro de doação e/ou que seja reeleito.

Anônimo disse...

Quem financia a campanha do Zé Alves. Quem lhe doa tanta grana. Não pega bem para o ZÉ, que tanta se vangloria da origem e de sua condição de homem humilde, gastar tanto dinheiro numa campanha eleitoral.

Curiosa a situação de alguns candidatos em Parauapebas: Miquinhas,
Wolner e Zé Alves, não tenho dúvidas que são as candidaturas mais ricas da cidade, onde que eles arranjam tanta grana. Será o JOÃO FONTANA, mais conhecido como JOÃO FORTUNA.

Será que o WOLNER está gastando o dinheiro da igreja (rs)?

É triste ver pessoas do povo, como esses, já iniciarem sua carreira política de forma tão desviada.

Anônimo disse...

Será que o MPE do Peba não é fiscal da LEI.

Pobre Lei.

CAIADO, PAVÃO, ZÉ ALVES, MIQUINHAS, EUZÉBIO.

A cidade tem olhos! A justiça é que é cega!

Anônimo disse...

MILTON: Miquinhas e Zé Alves
FONTANA: Wolner e Miquinhas
R. Neto: Euzebio
O Fontana está opostando nos dois para ver se garante um, com isso segura a boquinha. Ainda tem o Branco Whitte que apoio Wolner e Zacarias a mando do Fontana. Para quem não sabe o Branco é o socio do Fontana em duas fazendas.
Perguntar não ofende: se eleitos a serviço de quem estarão esses Vereadores?

Anônimo disse...

a unica forma de aumentar os gastos eleitorais é com uma petição a juiza eleitoral, explicando,muito explicadinho,o porque da necessidad do aumento.É caso excepcional, que tem de ocorrer ANTES dos gastos serem efetivados! tem multa e forte chance de cassaço da candidatura.Pobre zé alves! É mais uma com assinatura do Margalho, o enterra-candidato!"Senta q é de menta!"

Anônimo disse...

A insistência em continuar trabalhando com MaRGALHO e JOÃO FONTANA (FORTUNA), custará muito caro ao prefeito menininho, que gosta de brincar de riquinho. Pudera, o din din não é dele, não é fruto do suor dele.