quarta-feira, 25 de junho de 2008

ENCONTRO EM BELÉM

Bel Mesquita seguiu ontem com destino à capital do Estado para encontro político com Jáder Barbalho. Na agenda o acerto derradeiro para a união PMDB / PTB em Parauapebas, pois é confirmada a presença de Valmir Mariano (Integral) em uma dessas reuniões.
É dado como favas contadas que Valmir retorna amanhã com a mala pesada, dentro dela a Secretaria de Obras ! Isso deverá causar constrangimento em um outro aliado, Devanir (PRTB), em virtude do mesmo ter feito anúncio prematuro de que esta vaga já era sua.
Em política, o velho ditado ainda persiste. "O jogo só acaba quando o juiz apita".

5 comentários:

Anônimo disse...

Se Valmir sair de vice da BEL estará completamente desmoralizado, pois se espera que ele contribua com sua candidatura, para que a cidade tenho mais um nome de peso, evitando que se fique apenas entre o sujo e o mal lavado!

Anônimo disse...

O Valmir tem mais é que sair sozinho, arranjar apoio com a vale do Rio Doce e tentar destronar esses dois opositores. Secretaria de Obra é coisa que se troca de gestor quando quiser. O Parazinho (que loucura) não vai assumir agora no lugar do Fontana?

VOTO NULO disse...

Domingo acaba essa fofoca de vou nao vou. Se Deus quiser. Ai saberemos realmente quem tem garrafa seca pra vender.
A partir de agora minha campanha é:
VOTO NULO

Anônimo disse...

O Valmir Mariano é uma das pessoas mais bem conceituada de nosso município. Tem projeto político pessoal e para a comunidade. Nada mais natural que uma composição com Bel Mesquita já que os dois se identificam. Se tiver que auxiliar a próxima gestão como secretário de obras, de planejamento ou como VIce-Prefeito, isso não importa nesse momento. O mais importante é que suas idéias irão ajudar a formar uma consciência administrativa muito mais eficiênte para esse novo governo. Se confirmada essa coligação, parabéns a todos que se empenharam nessa busca, pricipalmente ao bom senso de Bel e Valmir. O povo de Parauapebas já começa ganhando já que pelo menos um palanque terá discurso propositivo.

Anônimo disse...

Os "grandes" articuladores da política de Parauapebas, e que nunca saíram candidatos a nada, diga-se de passagem; montaram um grande esquema para elevar o Claudio Almeida a 15% mais pesquisas e assim poderem vender a mercadoria, como o TATU não voa, não decolocou - SE FERRARAM. Então partiram para o Valmir Mariano, fizeram a mesma tática achando que agora se dariam bem. Achavam que iam enrolar o véi? Taí o resultado, como Parauapebas está construindo um novo modelo onde não há lugar pra esses "grandes" engenheiros da política, só tem um remédio: CHORAR! CHORAR! CHORAR!