sexta-feira, 8 de agosto de 2008

COMENTÁRIOS NO BLOGER

Fê de Sousa disse...
Lembre se que: De acordo com a legislação eleitoral os partido podem mudar de candidato a prefeito ate 24 horas antes do dia da leição. Em caso de: Morte, renuncia, impugnação ou indeferimento do registro de candidatura. O que quero dizer com isso? que o PT pode trocar de candidato caso o indeferimento do Darci seja mantido pelos Tribunais.
Se o Wanterlor Continuar tendo maioria dentro do PT, pode aprontar uma a qualquer hora.
Mas desde já aviso, Wanterlor deixa para fazer isso no ultimo minuto do segunto tempo!...

Zé Dudu disse...
Fê, infelizmente tenho que dizer a vc que sua informação não procede. No caso do Darci a Juíza indeferiu o registro da coligação, com isso não existindo registro não há possibilidade de substituição. O caso do Faisal foi feito a substituição pois o indeferimento foi do candidato e não da Coligação.
Comunicador disse...
Como o PT, aos olhos da Justiça Eleitoral, não fez convenção para indicação de candidatos a prefeito, vice prefeito, vereadores e formação de coligação; não participa do processo eleitoral de 2008, então não tem direito a indicação de candidato substituto (Wanterlor-PT tá fora). As outras coligações que uniram na proporcional, podem reclamar na Justiça Eleitoral, o direito de indicar outro candidato a prefeito e vice, alegando má fé do PT; esse canditado sairia do PP,PDT,PSDC,PV,PTB,PPS OU PSB. Partidos que fizeram convenções regulares, legitimando os registros para eleição proporcional com Darcy para prefeito.

12 comentários:

Anônimo disse...

O difícil é convencer essa Juíza que o PT usou de má fé com os outros coligados. Com certeza ela como a maioria pensa que foi mesmo incomPTência.

Anônimo disse...

O comunicador truncou tudo e esqueceu do elementar. A coligação pode ser desfeita, sobrevindo as candidaturas isoladas em cada legenda.

O que não pode, isso é elementar, é uma coligação que não tem o PT indicar um nome que é filiado ao PT.

Elementar meu caro. Acho que esse comunicador é assessor do Hernandes Margalho.

Parece claro que os candidatos da Coligação proporcional petista foram metidos numa enrascada, ou se meteram, afinal, bem antes de tudo o WANTERLOR já tinha avisado para demitirem João Fontana e Hernandes Margalho. Não ouviram, deu no que deu ou no que vai dar.

Anônimo disse...

Começo a pensar que tudo não passa de uma grande armação de HERNANDES MARGALHO para se vingar do PT. Claro, tudo com o apoio do DARCI.

DARCI está de malas pronta, o PT que acorde, ele logo que passar o período eleitoral pedirá desfiliação e se filiará ao PMDB da BEL.

Tá tudo acertado pelo Eduardo da ETEC.

Anônimo disse...

Ontem em reunião de um grupo de petista ficou acertado que se a coligação for desfeita o PT fará valer sua ata original, que foi registrada na justiça eleitoral, mas não indicará o DARCI, indicará outro nome. A briga interna está intensa. A executiva estadual, sua maioria, apóia a desfiliação do DARCI ou a sua expulsão.

A coisa tá fei pro quase-prefeito.

Comunicador disse...

Parece que ainda não caiu a fixa na turma do PT, mais especificamente a que tem o Vereador Wanterlor como líder maior. Os partidos políticos têm (ou tinham)de 10 de junho a 30 de junho para realizarem suas convenções para escolha de candidatos. O partido que não fez convenção(legal), caso do PT, não participa do processo eleitoral e PRONTO!

Anônimo disse...

O Dr. Margalho tentou doar de forma legal e ao mesmo tempo vender de forma ilegal (se colocando como sócio) uma parte da área do Hospital Municipal, para uma empresa do ramo de saúde de Marabá. Como o negócio vazou, melou... mais que depressa ele arranjou outro jeito de se dar bem. Pelo menos é o que eu começo a pensar.

Anônimo disse...

Comnicador,

vc tá desinformadíssimo. O PT não só realizou convenção, sozinho, como levou a registro. Portanto, meu caro, no tapetão não ganharão.

Num ponto vc tem razão, com um prefeito/candidato banana e um procurador mala mala tudo fica muito arriscado.

Mas não se esqueça do que Daniel Dantas falou: "o problema é na 1a. instância, nos tribunais superiores a gente tem vida fácil (rs)".

Agora que a ente não precisava dessa dor de cabeça, isso não precisava.

Pode ter certeza disso.

Quanto ao Wanterlor, não tenha dúvida, hoje, sem qualquer exagero, é a figura mais preparada para ser prefeito de Parauapebas.

Anônimo disse...

Depois de tudo,acredito que o PT vai precisar de mais uns anos de treinamento para recuperar o crédito, e não será o Wanterlo que vai operar este milagre...para recuperar vai ter que orar muito. Agora é 15!!!

OBSERVADOR disse...

Wanterlor é um mala. um falso moralista.

Anônimo disse...

Wanterlor será o prefeito de Parauapebas. Darci vai rodar.

Começou o jogo.

Hernandes quer detonar o PT. Ele e João Fontana armaram junto com Euzábio para anularem o PT.

Querem dar o golpe no partido.

William Bayerl disse...

Bom dia blogueiros...

Meterei minha colher nesse angu para expressar a minha opinião de que dentro do PT, realmente o Wanterlor é o mais preparado para ser o prefeito da cidade.

Sõ ñ será agora, afinal com o capital político acumulado e o vontade que o povo mais carente tem de vê-la no poder, Bel voltará para a Prefeitura.

Wanterlor e o PT terá que ralar muito para ganhar novamente.

É 15 NELES!!!

Anônimo disse...

Darci convive com o que tem de pior na política. Ele desorganiza a cidade. Ele não orienta seu governo. Todo mundo faz o que quer. Parauapebas tá bagunçada, com mototaistas e vanzeiros fazendo que querem. Sem falar os sem-terra.

Darci não tem autoridade. Está desmoralizado no seu próprio partido. Hoje pra se manter ele vive de distribuir cargos para uns e perseguir outros.

Tem cara de ovelha, mas na verdade é capaz do ato mais covarde.

O PT já o conhece e não o quer mais.

Parauapebas hoje tem a pior administração do Pará.

Desvio de merenda escolar, desvio de verba das estradas dos agricultores. Todo tipo de conduta desonra.